terça-feira, 23 de setembro de 2008

Quando não há mais tempo

Nem sempre é possível dizer adeus. Quando isso acontece, o melhor é ficarmos em silêncio, com boas memórias. E pedindo: que descanse em paz.

Nenhum comentário: