quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Contrastes presentes

Quando a impulsividade visita o que há de mais sereno, os pensamentos se retraem e um efeito reverso fica prestes a prevalecer. Até tem êxito por poucos instantes, mas sem estorvar o bastante, a ponto de não conseguir enlevar o coração e fazer esquecer o caminho de volta. Assim, o descanso se torna aliado e pede a indispensável presença do bom senso, do bem-querer e da paciência.

Um comentário:

maribortz disse...

Ti, na cagada, apaguei teu comentário (junto com o post, caham). Mals. Bom ver vc atualizando mais aqui. Veja seu e-mail depois.

Beijo.